quarta-feira, 16 de abril de 2008

Como se tornar um grande gerente de TI


Seja você um profissional veterano ou iniciante, as sugestões a seguir podem ajudar todos a tornarem-se grandes gerentes de TI:
1 – Perca tempo (e dinheiro) desenvolvendo sua equipe – TI é um setor em constante mudança e muitos profissionais de TI gostam de aprender sobre novas tecnologias;
2 – Saiba realmente o que sua equipe faz – mesmo sem a necessidade de ser um mestre em todas as funções da equipe, o gerente de TI deve entender sobre a rotina de todas elas.
3 – Não trabalhe por sua equipe – quando o gerente sai da esfera operacional para a gerencial, ele tende a querer resolver as coisas da maneira mais rápida, o que muitas vezes significa ‘fazer ele mesmo’. Mesmo que seu conhecimento e seu nível técnico sejam maiores que o do restante da equipe, a função do gerente é ajudá-la a aprender e a crescer;
4 – Conheça o negócio e esteja certo de que o negócio o conhece – é quase um clichê, mas todos os gerentes de TI devem conhecer o negócio que suportam e utilizar este conhecimento para construir serviços e infra-estrutura que ajudem a conquista de metas;
5 – Trate a comunicação como uma via expressa de duas mãos e sempre cheia – é sempre bom lembrar que a informação não é uma commodity. Ela precisa fluir livremente e facilmente entre as esferas gerenciais e operacionais;
6 – Encoraje todos a trabalhar como um time – o problema é sempre maior que a soma de suas partes. Encorajar a colaboração e o trabalho em equipe ajuda e remover o isolamento, bastante comum em organizações técnicas. Equipes que compartilham funções são importantes, porque mudanças em uma área podem ter impactos significativos em outras;
7 – Dê feedbacks regularmente e deixe que a equipe saiba exatamente o que você quer – alguns trabalhos em TI fazem com que as pessoas sintam-se como ilhas: elas trabalham em projetos de forma independente e não interagem com seu gerente ou colegas com regularidade;
8 – Contrate bem – o gerente que nunca fez uma contratação em sua carreira deve pedir auxílio e fazer sua lição de casa. Contratar mal pode ser mais custoso do que não contratar. É bom lembrar que habilidades técnicas são apenas uma parte do quebra-cabeças;
9 – Entenda as melhores práticas de TI, de fato – o bom gerente deve aprender e entender as melhores práticas aplicadas ao seu departamento e saber medir a si mesmo e sua equipe de acordo com estes parâmetros;
10 – Seja um bom gerente de projetos – Muitos projetos de TI não falham porque o projeto em si é ruim, mas porque não são bem gerenciados. O gerente que não teve treinamento formal em gerenciamento deve procurar e investir em um bom programa.

Mais detalhes aqui.

2 comentários:

Gerente de Ti disse...

Sou um gerente de Ti e creio que o colega colocu com muita propriedade algumas das nuances da prática de gerência de projetos. O fato de o gerente não trabalhar para sua equipe é uma coisa para qual temos que estar sempre atentos, pois isto acontece mesmo.
O feedbak constante também é uma coisa que precisamos ter a coragem de fazer e o melhor caminho para isso é o uso do bom senso.

Ricardo Pernambuco disse...

Caro Helson,

Agradeço por dispor de seu tempo para escrever textos que realmente contribuem para o eco-sistema de negócios. Acredito que nos tornamos grandes profissionais através não somente de cursos e especializações, mas através de colocações simples que nossos pares compartilham.

O tópico de número 4 me saltou aos olhos, pois sempre procurei estar muito atento aos objetivos do negócio (que as vezes esquecemos)para somente depois, pensar em tecnologia. TI é o meio e não o fim.

Convido-o a ler um singelo post sobre este tema em meu blog, Aprender com o Negócio

Grande abraço e parabéns.

Ricardo Pernambuco